• Ao Redor - Cultura e Arte

Porte de Almas

medo da morte

é a sorte

de estar vivo

perigo

é ser sem saber o que o coração sabe

[da vida

querida

ela é?

eu vi a vida?

vivendo e me tendo como vida

[que sou?

de ré estou

com o que restou

como se eu fosse morrer a qualquer

[momento

intento

da vida que sou e não sei

Autoria de: Diana Vilela Behrens



Sobre a autora

Diana Vilela Behrens é exploradora de pontos de vista, formada em Ballet, Artes Cênicas e Cinema. Atua em diversas funções artísticas, em processos de criação coletiva em sua maioria. Em 2019 publicou seu primeiro livro: Vai, cai, do qual extraiu-se a poesia aqui publicada. Pós-graduada em Ciências Holísticas, atualmente dedica-se ao aprendizado de permacultura e a atividades de bem estar e ecologia.

Clique para acessar o livro "Vai, cai"


Acompanhe a autora no Instagram


INSCREVA-SE para acompanhar o

conteúdo do blog!