• Ao Redor - Cultura e Arte

Um artista em busca da identidade da arte negra brasileira

Movido pela busca por sua ancestralidade e por um constante questionamento, nascido ainda na infância, sobre a identidade negra-brasileira na arte, o artista plástico e poeta Cipriano mescla pintura e literatura em uma produção inspirada em elementos da cultura afrodescendente.

Uma "escrita-pintura de cura do pensamento colonizado”.

Pedro Ivo Cipriano Inocêncio é artista, petropolitano, negro, licenciado em Letras e pós-graduado em Metodologia do Ensino em Artes. Seu interesse pelas artes surgiu ainda na escola, atraído pelas artes plásticas nas aulas de educação artística.


“Recordo-me da disciplina de Educação artística, na Escola Estadual Cardoso Fontes em Petrópolis, onde eram ministradas aulas que me levaram a uma identificação com o tema, as artes plásticas. No entanto, de forma alguma via a presença de artistas com os quais eu pudera me identificar com mais propriedade: artistas negros ou uma arte negra, arte afro-brasileira”.


O incômodo causado pela presença eurocêntrica da arte no universo escolar e acadêmico motivou cada vez mais suas pesquisas e produções voltadas para as temáticas negras, inquietação que orientou também sua trajetória na faculdade de Letras:


“Nesse momento, o foco foi literatura negra, literatura africana de expressão portuguesa. Como quase tudo que toca o assunto negro, o tema Literatura Africana era uma coisa rara na faculdade.”


Nesse período, Cipriano direcionou seus estudos ao poeta Antonio Agostinho Neto, autor angolano, tema de sua monografia.


Hoje, o artista define sua arte como uma “Macumba Pictórica”, uma produção artística que explora o entrelaçamento das artes visuais e da literatura especialmente inspirada nos terreiros de Umbanda, que carregam elementos que ajudam a contar "uma história de resistência e força dos povos sequestrados de África". ou, ainda nas palavras de Cipriano, uma “escrita-pintura de cura do pensamento colonizado”.


Foi também nos terreiros de Umbanda que Cipriano desenvolveu seu interesse pela música: "Desde criança 'curimbava', cantava, no terreiro de Umbanda. Prática que aprendi com meus mais velhos no terreiro [...] por conta da experiência adquirida no terreiro de Umbanda fui aprovado para o coral da Universidade e cursei o preparatório de canto coral [...] a música também é um valor para mim.


O artista já participou de diversas exposições individuais e coletivas em várias galerias de arte da cidade de Petrópolis, entre elas a Galeria Djanira, no Centro de Cultura Raul de Leoni, a galeria de arte do SESC e a galeria de arte da FASE.


Veja algumas obras do artista


Visite o site oficial de Cipriano

Siga no Instagram



Foto do artista plástico Pedro Ivo Cipriano. foto de frente, Cipriano sorri para a câmera, está vestindo blusa preta e cachecol verde. fundo branco.

Nome completo: Pedro Ivo Cipriano Inocêncio.

Nome artístico: Cipriano.

Naturalidade: Petropolitano.

Interesses pessoais: Artes plásticas afrodescendente, Filosofia Africana, Literatura, música.