• Luiza Pessôa

As cores do caminho

Atualizado: Mai 19

Começo a sentir a distância daquela que já fui.


Quando isso tudo começou? Tento vasculhar origens. Vejo com nitidez a ponte que liga o eu-fui e o eu-sou, mas não vejo o seu fim. É como um arco-íris que não se pode ver as pontas. Mas as cores do caminho estão ali. Todas! Cores vibrantes...algumas cores duras. Delas precisei assim: cores cortando o vento.


Linhas na palma da minha mão registram a passagem. Nada era nítido, tudo era óbvio. Mas o óbvio não se enxerga. Por isso, a vida se complexifica. E agora sinto meu peito encher como um balão.


Alçar voos ou criar raízes: conflito daquela que fui. Alçar voos e criar raízes: percepção daquela que me torno, por tudo aquilo que fui. Que mania nossa a de criar dicotomias que não existem, ou, só existem porque nós as criamos.


Ainda sou eu, como a criança de oito anos que amava o mundo, mas não conseguia expressar. Descobri, nas artes, minhas expressões. Decepcionei-me com muitas coisas do mundo, inclusive com o amor. E aquela criança? O amor e as artes ainda são meus pilares. Já tentei derrubá-los, mas como não se pode destruir as próprias estruturas e continuar, cá estou: amando o amor e as artes com todas as suas dores. Aceitação é isso, então?


Sou a mesma e sou outra. Ninguém viu. Epifania da solidão. Escrevo e respiro.


Aceito as surpresas ruins porque prefiro que existam as surpresas ruins do que surpresa nenhuma. Porque quando o mundo me surpreende positivamente, meu peito enche como um balão.

Texto escrito para a obra audiovisual "Abismos: videodança em três capítulos" da Cia Corpoiesis que fala da forma como lidamos com os desafios da vida e de como amadurecemos com eles. Clique para assistir "Abismos".


Luiza Pessôa

Sobre a autora

Luiza Pessôa é bailarina, graduada em História, mãe da Antônia e amante fiel das artes em todas as suas expressões. A literatura nunca foi um plano, mas sempre um amparo, acolhendo suas emoções. Atualmente, integrando a Cia Corpoiesis, explora o entrelaçamento das linguagens da dança e da literatura.

Instagram da autora.

Conheça o trabalho da Cia Corpoiesis.


INSCREVA-SE para acompanhar as publicações do Ao Redor!


TRANSFORME SUAS IDEIAS EM ROMANCES E CONTOS COM REAL VALOR ARTÍSTICO.

Curso de CRIAÇÃO LITERÁRIA ministrado por Renato Modesto, escritor, roteirista e dramaturgo premiado. Agora oferecido aqui em nossa galeria de cursos de artes.


Aproveite a oferta por tempo limitado:


Saiba mais.

1 comentário